Depois de passar quase que por despercebido, aliás,às vezes seja melhor nem lembrar mesmo de certos acontecimentos, o AI-5 (Ato Institucional que restringiu a liberdade de imprensa, fechou o congresso nacional entre outras imposições) completou 40 anos( em 2008) desde sua criação em 13 de dezembro de 1968.Comento esse assunto aqui agora porque me ocorre o fato de ter visitado o site do jornal paulistano O Estado de São Paulo, e por lá encontrar uma material muito interessante sobre esse instrumento tenebroso utilizado em prol de objetivos ditatoriais.AI: 40 anos de um atentado à liberdade, é um mergulho feito por jornalistas do Estadão sobre o ato institucional e que vale a pena os visitantes deste darem uma olhada.
Notem que eu coloquei “aspas” na expressão ‘liberdade’ no título deste post.Pois é, a nossa liberdade e democracia atuais ainda precisam em muito melhorar para que possamos ser um país democrático.Claro que se comparado com outros tempos estamos em “berço esplêndido”.Mas com relação ao Ato aqui descrito, fico profundamente revoltado quando , em nome da liberdade de imprensa, alguns “jornalões” que carregam a missão de “informar e representar a população” evocam a ditadura militar e, consequentemente, o AI-5, quando vêem seus objetivos finaceiros-políticos ameaçados.Não é mesmo Estado de Minas, Folha e companhia limitada?

Anúncios