Existe uma certa tendência dentro das bibliotecas – principalmente das escolares – de que nem todo acervo seja emprestado.Talvez, isto seja um sinal de que fungos, traças e mofos possam também ter acesso aos livros.

De acordo com Ranganathan todo livro é pra ser usado.Mas então por que nem todos são emprestados???Por que comprar um livro e depois colocar que o mesmo não pode ser emprestado?

A desculpa mais usada, talvez, seja a de que as crianças irão destruir o livro e por isso é melhor conservá-lo trancafiado dentro dos armários.E nisso tudo o que mais me preocupa é que essa tendência não se restringe apenas às bibliotecas.Orgãos municipais , estaduais e federais costumam, vez ou outra, aparecer nos noticiários sendo acusados de armazenar alimentos, livros , computadores ao ponto de deixá-los inutilizados pela população.

Esse vício ‘”anti-primeira lei da biblioteconomia” deveria ser extinto em âmbito nacional.Se este não for possível,dadas nossas proporções, que seja pelo menos no âmbito das bibliotecas.

Anúncios