Três grandes jornais europeus anunciaram nesta semana que começarão a cobrar pelo acesso ao conteúdo online publicado em seus portais.

A partir de junho deste ano, os leitores dos britânicos The Times e Sunday Times – ambos fazem parte da News Corporation – terão que pagar o equivalente a R$2,70 para ter acesso ao editorial completo durante um dia. Há também a opção de contratar o serviço por uma semana ao custo de R$5,40.

Clientes que assinam as publicações impressas terão acesso livre a todo conteúdo digital. A medida de cobrança também pode ser adotada em outros jornais, como The Sun e The News of the World.

A partir da próxima segunda-feira, 29, os leitores do francês Le Monde pagarão para ter passe livre em conteúdos específicos. Por € 19,90 mensais, o equivalente a R$ 48,40, os assinantes terão direito ao acesso a versão impressa, ao site e ao aplicativo para iPhone. Após três meses, porém, esse valor aumenta para € 29,90 – algo em torno de R$ 72,70.

Fonte: Olhar Digital

Comentário

O bilionário Rupert Murdoch, presidente da gigante News Corporation, ameaçou a pouco tempo atrás que iria cobrar pelo acesso ao conteúdo de seus principais jornais.Não demorando muito, cumpriu sua promessa abrindo caminho, quem sabe, para uma “mercantilização” cada vez mais atroz na internet – cuja natureza compreende a liberdade, desterritorialidade, ubiquidade e, por que não dizer, a gratuidade das informações, dos conteúdos, etc.

Qual o cenário a se esperar diante de tal fato? Estou aberto a respostas…

Anúncios