Fonte da imagem: Portal La Salle

Como alguns devem saber trabalho em uma biblioteca escolar daqui de Belo Horizonte. A Rede de Bibliotecas Escolares da Prefeitura é uma experiência recente que vem dando certo, visto que muitas cidades em volta sequer têm bibliotecas escolares , quanto mais profissionais por elas responsáveis.

Só que como todo programa gerido pelo poder público apresenta certos “probleminhas”, com o daqui não é diferente.Um deles é a tal implantação de um software livre em todos os computadores das bibliotecas , de forma a permitir o intercâmbio de informações sobre o acervo de cada uma.

Mas fica um dilema: até a presente data não há sequer notícias a respeito da implantação do software, uma vez que a PBH desviou o profissional responsável pela implantação para outra função e não irá (pelo menos não esboçou qualquer reação) contratar outro profissional para substituí-lo.Isso tudo só para instalar um software, hein…

Resumo da ópera: não podemos, enquanto profissionais da biblioteca, implantar nenhum software paralelo ao “proposto” pela PBH, o que faz com que fiquemos à mercê da boa vontade e sensibilidade dos políticos.Se o fizermos corremos o sério risco de ter de fazer tudo de novo -o que é muito pior.

Finalmente, caminhamos a passos de tartaruga rumo ao progresso, até porque as bibliotecas podem e devem esperar em berço esplêndido…

Anúncios